Mario Benedetti, 98 anos e tema dos mais comentados na Internet mundial

O uruguaio, que nos deixou em 2009, foi um dos assuntos mais comentados no Twitter nesta sexta-feira (14), quando faria 98 anos

Neste 14 de setembro o escritor uruguaio Mario Benedetti completaria 98 anos. Não por acaso, seu nome figurou nesta sexta-feira entre os assuntos mais comentados do mundo no Twitter e nesta mesma plataforma também foi tema de destaque na Argentina, no México e na Venezuela.

Falecido em 2009, Benedetti tem uma legião de fãs espalhados pela América Latina. Mesmo no Brasil, com nossa parca atenção literária aos países vizinhos, o autor de “O amor, as mulheres e a vida” tem um grande séquito de admiradores.

Alento? Um poeta entre os assuntos mais comentados da Internet…

Grande amigo de Eduardo Galeano, Benedetti foi militante da esquerda uruguaia, razão pela qual tornou-se exilado político nos anos da ditadura. Vagou uma década por Argentina, Peru, Cuba e Espanha, de onde regressou à sua terra, em 1983. Publicou mais de 80 obras e transitou por vários gêneros: poesia, romance, crônica, peças de teatro, roteiros de cinema, além do jornalismo e da crítica de arte.

Galeano e Benedetti em 1987, numa atividade em prol da responsabilização dos agentes da ditadura uruguaia

Na minha breve passagem por Montevidéu, morei a 100 metros de um mural que presta homenagem ao escritor numa área onde ele viveu, o meu querido Barrio Sur, tão cantado em tangos e poemas da boêmia local. Aliás, é possível percorrer os lugares de Benedetti na capital uruguaia através de um ótimo guia elaborado pelo Ministério do Turismo.

Rua Florida, entre Canelones e Maldonado

Abaixo segue uma das poesias mais conhecidas do “bendito” e romântico escritor que pertenceu à célebre “Geração de 45”.

Rogério Tomaz

Tática e estratégia

Minha tática é
mirar-te
aprender como és
querer-te como és
Minha tática é
falar-te
e escutar-te
construir com palavra
uma ponte indestrutível.
Minha tática é
ficar em tua lembrança
não sei como nem sei
com que pretexto
para ficar em ti.
Minha tática é
ser franca
e saber que és franco
e que não nos vendamos
simulacros
para que entre os dois
não haja barreiras
nem abismos.
Minha estratégia é
em troca
mais profunda e mais
simples.
Minha estratégia é
que um dia qualquer
não sei como nem sei
com que pretexto
por fim me necessites.

Leave a Reply